Posts

Por que fazer intercâmbio no Canadá? Conheça 6 motivos!

Você está planejando uma viagem de estudo para aperfeiçoar o inglês e ainda tem dúvidas sobre qual é o melhor destino? Muitos jovens optam por fazer um intercâmbio no Canadá pelas vantagens de estudar no país: segurança, belas paisagens e qualidade na educação.

Quer conhecer os principais motivos para programar o seu intercâmbio para este país incrível? Vamos lá!

1. Qualidade de vida

Muitos brasileiros optam por fazer intercâmbio no Canadá pela excelente qualidade de vida que o país oferece. Vancouver, por exemplo, já foi eleita a terceira melhor cidade do mundo para se viver. Isso porque ela tem muitos recursos para o oferecer aos cidadãos como infraestrutura, áreas de lazer e estabilidade econômica.

2. Educação

O país também investe muito na qualidade da educação, o que o torna uma excelente opção para intercâmbio. Na última pesquisa realizada pelo Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa), da OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), o Canadá foi listado entre os 10 melhores níveis educacionais nas áreas de Matemática, Ciências e Interpretação de Texto.

O resultado é surpreendente visto que o país tem alto número de imigrantes. Isso só indica que esses novos alunos conseguem se adaptar rapidamente à cultura e ao ensino canadense.

3.Possibilidade de aprender dois idiomas

Fazer um intercâmbio no Canadá também é uma oportunidade única para aprender dois idiomas ao mesmo tempo. O país tem como línguas oficiais o Inglês e o Francês, logo, você pode se programar para estudar as duas.

4. Belas paisagens

O país tem uma paisagem incrível que encanta muitos brasileiros que viajam para lá. Uma opção é a Cordilheira Rocky Mountains, que tem opções para quem deseja esquiar, fazer escaladas ou apenas curtir bons momentos ao ar livre.

Cordilheira Rocky Mountains, Canadá

Há ainda as Cataratas do Niágara, que são formadas por três grupos de quedas d’água: as Canadenses, as Americanas e a Véu de Noiva. O Nahanni National Park é outro grande atrativo para turistas. Ele foi tombado como patrimônio histórico da Unesco e tem 30 mil quilômetros quadrados de área preservada.

5.Opções de trabalho

Dependendo do período que o aluno permanece no país, ele tem a oportunidade de intercalar o estudo com o trabalho. Essa opção está disponível para quem realiza um curso de Business de 6 meses com mais 6 meses de estágio remunerado.

6.Segurança

O Canadá tem um dos menores índices de violência do mundo, por isso, é considerado um local seguro para estudar e morar. A cidade de Regina, por exemplo, é considerada violenta pelos canadenses e registra uma taxa de homicídio de apenas 3,58 para cada 100 mil habitantes.

Esse índice é semelhante à da cidade de Indaiatuba, em São Paulo, considerada a segunda menos violenta do Brasil por registrar 3,5 casos para cada 100 mil habitantes.

Enfim, esses são os principais motivos que muitas pessoas decidem fazer intercâmbio no Canadá. Ficou interessado em conhecer mais sobre o país e as opções de viagem? Confira os pacotes especiais da Cali

Conheça o CaliBreak, um programa especial de intercâmbio teen!

O CaliBreak é um programa de intercâmbio da Calicultural direcionado para jovens com até 20 anos de idade. A viagem é realizada anualmente nas férias de julho, momento em que os adolescentes têm a oportunidade de aperfeiçoar o inglês e visitar muitos lugares incríveis.

foto dos intercâmbistas em frente ao letreiro de hollywood

Galera do CaliBreak em Los Angeles, Califórnia

Está pensando em proporcionar um intercâmbio para o seu filho? Então, você não pode deixar de conhecer como funciona o programa!

Experiência CaliBreak

O programa de intercâmbio da Cali é muito mais do que uma viagem de estudos, é uma experiência para a vida dos participantes. Os adolescentes permanecem 21 dias nas casas da Cali, em San Diego, e fazem um extenso roteiro de visitas a pontos turísticos e culturais.

garota andando de bicicleta em San Diego

Lazer aliado aos estudos Califórnia

Em 2019, a viagem contou com a participação de 12 adolescentes das regiões de São Paulo, Santos e Porto Alegre. Eles eram acompanhados por (03 guias) profissionais da Cali 24 horas por dia, inclusive durante as aulas de inglês. Tudo para que a viagem fosse segura para os pais e os jovens, proporcionando a melhor experiência possível.

Programação diferenciada

Os profissionais da Cali estabelecem um roteiro de atividades para todos os dias da viagem. Quando chegam a San Diego, os jovens fazem uma prova de nivelamento para identificar qual é a turma mais adequada para potencializar o aprendizado.

A rotina deles é intensa e repleta de atividades. No período da manhã, os jovens vão para as aulas de inglês com professores nativos. À tarde e à noite eles realizam os passeios turísticos e visitas a locais que retratam a cultura local. Conheça alguns pontos visitados pelos alunos:

Sea World

Ele é o parque mais famoso do mundo relacionado à vida marinha, que oferece muitas atrações para os visitantes e apresenta animais de todos os tipos. Inclusive, é o lugar ideal para quem deseja nadar com um golfinho. Incrível, não é mesmo?

Galera do CaliBreak durante o passeio no Sea World

Passeio no Sea World

Balboa Park

O parque existe desde 1868 e até hoje é considerado um dos símbolos da cidade. O espaço tem mais de 15 museus, teatros e belos jardins para os visitantes apreciarem. Entre as principais atrações estão o Science Center, o Automotive Museum e o San Diego Air & Space Museum.

Visita ao Balboa Park

Disneyland e Disney California Adventure

O parque Disneyland foi o primeiro construído por Walt Disney. O espaço relembra as histórias das princesas, tem uma atração do Indiana Jones Adventure e uma área específica do Mickey’s Toontown. Este ano inaugurou no local com exclusividade a primeira land do Star Wars com uma área de 56.000 metros quadrados.

Disney California Adventure

O Disney California Adventure é um parque mais novo e tem atrações diferenciadas, como Guardians of the Galaxy – Mission: BREAKOUT!, Toy Story, musical do Alladin e montanha-russa California Screamin. É diversão na certa! 

 

Universal Studio Hollywood

Seria impossível fazer um intercâmbio na Califórnia e não visitar a Universal Studio. O parque é uma das atrações preferidas dos jovens que participam do CaliBreak e, por isso, sempre entra no roteiro de viagem. 

CaliBreak no Universal Studios Hollywood

O espaço apresenta os filmes e séries produzidos pelo estúdio, atrações radicais e alguns simuladores, o que transforma o ambiente em uma mistura de parque temático e estúdio de cinema. É mágico, só quem visita o local consegue compreender isso.

 

Huntington Beach

É claro que não poderia faltar uma visita à capital do surf nos Estados Unidos! A Huntington Beach é o local onde todos os anos é realizado o evento Vans USA Open of Surfing, que reúne participantes do mundo inteiro. Ela foi considerada a melhor praia dos Estados Unidos em 2018, pois tem uma bela paisagem e inúmeras atrações disponíveis.

Pôr do sol em Huntington Beach

Intercâmbio com satisfação garantida

Com tantas opções de passeios durante a viagem, não faltaram elogios para o programa. Confira o que os adolescentes comentaram:

“Cada manhã era uma nova surpresa, mesmo que eu já tivesse decorado todo o roteiro antes mesmo de partirmos. Um lugar mais lindo que o outro, cobrindo tudo o que os filmes “hollywoodianos” mostram, os pontos turísticos, mas também algo totalmente “out of the beaten track”, porque podíamos contar com os melhores guias locais!”, comentou Mirella Jabbour

A experiência também foi única para Pedro Lucato. “Os dias que eu passei na califórnia com a Cali foram os melhores da minha vida! Conheci gente nova, aprendi muita coisa e conheci lugares incríveis, foi uma experiência completa e inesquecível”.

Os jovens não foram os únicos que apreciaram o programa CaliBreak. Os pais ficaram encantados com o acompanhamento dos nossos profissionais e a alegria dos filhos com a participação no intercâmbio. Veja alguns exemplos:

Depoimentos pais CaliBreak 2019

Ficou interessado em saber mais informações sobre o intercâmbio Cali Break? Acesse o nosso perfil do Instagram e confira as fotos dos participantes. Você vai adorar!

Aproveite também para se inscrever na edição do próximo ano. Ela será ainda mais especial porque iremos comemorar os 10 anos da Cali Cultural. Ah, é bom se antecipar, pois 70% das vagas já foram preenchidas. Quer saber mais sobre o programa? Entre em contato e converse com a nossa equipe!

Ama o verão? Veja 5 motivos para conhecer a Austrália!

Está pensando em viajar para estudar inglês ou apenas curtir as férias? Ama o verão, praia e belas paisagens? Então, não desgrude deste artigo que temos muitas dicas para você! A ideia de hoje é mostrar os principais motivos para conhecer a Austrália. Se liga no spoiler: há muitas opções de lazer e entretenimento no país. Vamos conferir?

 

1. As praias são deslumbrantes

Um dos principais motivos para conhecer a Austrália é a sua quantidade e qualidade de belas praias. O país tem ambientes paradisíacos, com diferentes recortes da natureza e águas cristalinas. É só escolher um destino e lá estará uma praia esperando por você.

Praia de Gold Coast

Praia de Gold Coast

Gold Coast, por exemplo, é o lugar perfeito para quem gosta de surfar. Já Sydney tem opções para quem deseja relaxar e apreciar a paisagem ou desfrutar das opções próximas à orla. Alguns turistas também visitam o país para conhecer as barreiras de corais, consideradas Patrimônio Mundial da Unesco. E aí, o que achou desses motivos para conhecer a Austrália?

 

2. Diferentes cenários

Será que um país com tantas praias também pode ter um deserto? Com certeza! A Austrália tem um muito conhecido, chamado popularmente de Outback. O monólito encontrado lá, denominado de Uluru, abriga cisternas e pinturas rupestres.

Outback, deserto na Austrália.

Outback, deserto na Austrália.

Já se você prefere áreas verdes também não faltam opções. A Austrália tem diferentes ambientes naturais que valorizam a vida selvagem e são considerados Patrimônios Mundiais da Unesco. Entre eles estão:
Floresta Tropical de Daintree;
Greater Blue Mountains;
Costa de Ningaloo.

imagem de uma cachoeira e a vegetação natural.

Floresta Tropical de Daintree

 

3. Animais diferentes

O país também é o lugar certo para pessoas curiosas ou que buscam um pouco de aventura. O local tem animais diferentes dos encontrados no Brasil e alguns são até perigosos. Há sapo venenoso, aranha, tubarão de água doce, crocodilo, canguru e coala.

selfie de uma canguru amigável

Canguru

Você pode conhecer muitos animais nos zoológicos ou se preferir, no habitat normal deles. Já imaginou quantas fotos diferentes poderá fazer dessa viagem?

 

4. Atrações durante o ano

Outro bom motivo para conhecer a Austrália é a infinidade de opções de diversão que o local oferece. Há festas nos feriados nacionais, como o Australia Day, na parada gay em Sydney e também uma corrida de cavalos em Melbourne. Há ainda muitas baladas e pubs pela cidade. Então, é só escolher o programa preferido e participar!

 

Vista panoramica do Australia Day em Sydney

Australia Day em Sydney

 

5. Excelente gastronomia

Se você é daquele tipo de viajante que adora experimentar a gastronomia dos locais, a Austrália é o destino certo. O país produz muitos alimentos e valoriza a cultura da região. Os frutos do mar são importantes para a culinária do país, que abriga mais de 60 espécies de animais marinhos próprios para o consumo.

O australiano também valoriza muito a carne de carneiro, que está presente em muitos pratos. Geralmente, ela vem acompanhada de batatas, ervilhas e cenouras. E claro, os cangurus não podem faltar nesse lugar. A carne é muito apreciada no país e normalmente é consumida frita ou cozida.

Carne de carneiro, prato típico da culinária australiana

Carneiro assado

 

Gostou de ver os principais motivos para conhecer a Austrália? Então é só planejar a sua viagem e traçar um roteiro especial para visitar as principais atrações do país. Se precisar de ajuda, fique à vontade para entrar em contato com a nossa equipe!

Quer estudar no exterior? Confira 6 dicas para se preparar!

Você quer estudar no exterior, mas não sabe por onde começar? Planejar esse projeto é fundamental para você ter êxito e uma boa experiência internacional. Essa primeira etapa consome um pouco de tempo e energia, contudo, ela é necessária para você chegar ao destino com toda a documentação exigida e a tranquilidade que precisa para aproveitar o momento.

O que acha de conferir as nossas dicas e iniciar os planos da sua viagem? Acompanhe!

6 dicas para se preparar para estudar no exterior

Para quem vai viajar pela primeira vez com o objetivo de aperfeiçoar uma língua estrangeira, é muito importante criar um plano e realizar todas as etapas. Veja:

1. Defina um objetivo

Há diferentes formas de estudar no exterior. Você pode escolher entre as seguintes opções:

Muitos jovens preferem que a primeira experiência no exterior seja durante as férias escolares. Assim, eles têm tempo de aperfeiçoar a língua estrangeira e conhecer outra cultura, sem que precisem ficar muito tempo longe da família. Essa também é uma forma de deixar os pais mais tranquilos durante o primeiro desafio longe de casa.

2. Defina a língua estrangeira

Você pretende aperfeiçoar o inglês, espanhol ou francês? Definir essa questão é muito importante para você selecionar o destino ideal do seu projeto. Além disso, lembre-se de estudar um pouco antes da viagem para conseguir aproveitar ao máximo essa experiência em outro país.

3. Pesquise sobre o destino

Avalie as opções disponíveis para o estudo da língua estrangeira. Cada local tem uma característica diferente e você pode se apaixonar por uma cidade que antes nem passava pela sua cabeça.

Quem pretende estudar inglês, por exemplo, pode escolher entre diferentes locais:

  • Califórnia, nos Estados Unidos;
  • Vancouver ou Toronto, no Canadá;
  • Gold Coast ou Melbourne, na Austrália;
  • Dublin, na Irlanda;
  • Londres, na Inglaterra.

Já deu para perceber que há lugares incríveis ao redor do mundo, não é mesmo? Então, pesquise, avalie as vantagens e desvantagens de cada destino e faça a sua escolha.

4. Organize o seu dinheiro

Se você pagará a viagem com o próprio dinheiro, é muito importante começar a economizar o quanto antes. Afinal, muitos países exigem que você tenha uma quantidade mínima disponível para entrar. Se você depende da ajuda dos seus pais, tenha uma boa conversa com eles para saber se é necessário auxiliá-los de alguma maneira.

5. Busque ajuda de um profissional

Planejar sozinho a primeira viagem de estudos pode ser muito estressante. Principalmente se você não conhece as regras do país de destino. Sendo assim, procure auxílio de uma agência especializada para orientá-lo sobre o curso, locais de hospedagem e processo de entrada no local.

6. Prepare a documentação

Sem os documentos exigidos pelo país você não passará pela fronteira. Portanto, preste atenção em todas as providências que precisa tomar antes de comprar o pacote de viagem para estudar no exterior.

Alguns países, como os Estados Unidos, solicitam que o visitante responda a um extenso formulário e depois passe por uma entrevista para receber o visto. Sem ele, você não terá chance de sair do aeroporto.

Em alguns casos, também é necessário manter a carteirinha de vacinação em dia. Sendo assim, converse com a empresa que está organizando a sua viagem para não deixar faltar nada.

Também é fundamental levar junto o passaporte, a passagem de volta, o comprovante do local em que ficará hospedado, documentação do seguro saúde e o número de contato de uma pessoa de confiança no país de destino.

Pronto! Agora é só iniciar o seu planejamento e seguir todos os passos para realizar o sonho de estudar no exterior.

Gostou das nossas dicas? Aproveite para conhecer os destinos mais procurados para fazer intercâmbio!