Quer fazer intercâmbio para Califórnia? Saiba por que somos especialistas neste país!

Programar uma viagem de intercâmbio para Califórnia ou outro país exige muita preparação e pesquisa. Contratar uma agência especialista é a melhor maneira de garantir que tudo ocorra da forma planejada, pois a empresa pode auxiliar você de diferentes maneiras. Quer saber como o trabalho funciona? É só continuar a leitura! 

Por que somos especialistas em intercâmbio para Califórnia?

Desde 2010 nós trabalhamos com intercâmbio e turismo cultural e sempre dedicamos bastante atenção ao processo de viagem para a Califórnia. Nossa equipe dá todo o suporte para você aproveitar cada minuto fora do país e também auxilia com a documentação e escolha de um local para morar nesse período.

Excited Faceoff GIF by SYFY - Find & Share on GIPHY

Por falar nisso, a CaliCultural tem uma casa completa em San Diego, na Califórnia. Ela foi montada para proporcionar todo o conforto e segurança necessários para que você tenha uma excelente experiência de viagem de intercâmbio para Califórnia. A nossa infraestrutura conta com:

  • internet de alta velocidade para você conversar com amigos e familiares durante a viagem;
  • televisão a cabo;
  • cozinha equipada;
  • lavanderia completa;
  • serviço de limpeza;
  • piscina;
  • academia;
  • quadra esportiva.

Saiba mais sobre o nosso espaço neste link. 

Enfim, com tantos anos de experiência, capacitação da nossa equipe e uma infraestrutura completa para oferecer podemos dizer com certeza que somos especialistas em Califórnia.

Game Of Thrones Yes GIF - Find & Share on GIPHY

Quais são as opções de intercâmbio para Califórnia?

A CaliCultural trabalha com diferentes modalidades de intercâmbio no país. Você pode optar por uma viagem curta durante as férias de julho, com o nosso programa CaliBreak, ou optar por um programa mais extenso.

O CaliBreak é o modelo preferido dos jovens que estão no Ensino Médio. O programa conta com assessoria completa da equipe, inclusive na Califórnia. Antes de viajar o estudante e os seus pais recebem a programação que será realizada durante as 4 semanas, que inclui estudo do Inglês e passeios em pontos turísticos – como o Sea World e a Disney California Adventure. 

Quem deseja permanecer um pouco mais no país para estudar Inglês e receber um diploma da realização do curso pode optar pelo intercâmbio de 12 semanas. O pacote inclui a estadia de 4 semanas na Casa da Cali e o serviço de transfer do aeroporto até a acomodação.

Há ainda a opção de um intercâmbio de 24 semanas para a Califórnia, também com diploma de conclusão do curso e suporte durante a viagem. Essa modalidade é indicada para quem acredita que precisa de mais tempo para aprender e praticar inglês e também tem disponibilidade para ficar durante meses longe do Brasil.

Em todas as modalidades de intercâmbio o estudante precisa ter um visto americano válido. Também é recomendável contratar um seguro viagem para você ficar protegido em casos de acidente ou até receber um apoio em situações de extravios de bagagem. A CaliCultural também dá suporte na obtenção do visto, contratação do seguro viagem e aquisição do cartão Travel Money para você levar dinheiro para o exterior. 

Viu como sabemos tudo sobre intercâmbio para Califórnia? Se tiver alguma dúvida sobre o assunto ou quiser saber mais sobre os nossos programas, é só chamar a nossa equipe para uma conversa. Você pode mandar um e-mail para calicultural@calicultural.com.br ou enviar uma mensagem em nossas redes sociais – Facebook e Instagram.

Por que contratar serviços de uma agência de intercâmbio? Veja 5 motivos!

Você está sonhando com aquela viagem de estudos e está ansioso para iniciar a programação. Qual é o próximo passo? O mais indicado é procurar o auxílio de uma agência de intercâmbio para repassar orientações em todo o processo.

A empresa poderá auxiliar na busca dos documentos necessários e autorizações essenciais para sua viagem ser um sucesso. Quer saber por que é melhor contratar uma agência de intercâmbio em vez de fazer tudo sozinho? É só ficar ligado nas sugestões a seguir! 

1.Experiência no assunto

Uma agência de intercâmbio trabalha com essa atividade todos os dias do ano. Sendo assim, os profissionais têm muita informação para compartilhar com o estudante e os pais. Logo, fica muito mais fácil de organizar a viagem e se programar financeiramente para esse investimento.

2.Auxílio com as documentações

Você conhece todos os processos necessários para fazer uma viagem de estudos no exterior? Cada país tem uma regra diferente e fica muito difícil saber em detalhes qual é o passo a passo necessário para realizar o intercâmbio.

A agência de turismo tem esse papel de orientar os seus clientes sobre as documentações necessárias para realizar a viagem. Ela ainda consegue fazer o encaminhamento do pedido de visto e pode indicar as melhores escolas para o estudante. Logo, o planejamento do intercâmbio fica mais simples e tranquilo para toda a família.

Bugs Bunny Running GIF by Looney Tunes - Find & Share on GIPHY

3.Segurança jurídica

A agência de intercâmbio trabalha com contrato, determinando todas as regras da viagem, acompanhamento e formas de pagamento. Sendo assim, a família tem uma segurança jurídica maior em casos de imprevisto.

Por exemplo: se você tenta comprar um curso no exterior por conta própria, como saberá se a escola atende as exigências do seu país e se está atuando na legalidade? Uma agência de intercâmbio acompanha essas informações regularmente e precisa dar garantias ao aluno sobre os termos propostos no contrato. Logo, a segurança jurídica é muito maior.

Signing Episode 7 GIF - Find & Share on GIPHY

4.Suporte no país estrangeiro

Outra vantagem de contratar uma agência para organizar a viagem de estudos é a possibilidade de contar com um suporte no país estrangeiro. Imagine o seguinte: você estudou inglês durante muitos anos, mas nunca precisou usá-lo no dia a dia. Como será a sua reação quando chegar a outro país?

A empresa tem uma equipe de suporte para apoiar o estudante que está no exterior. Assim, se ele sentir dificuldade para conversar ou compreender qualquer informação poderá buscar ajuda. Além disso, os profissionais também conseguem manter contato com a família para encaminhar fotos e atualizações sobre a programação da viagem.

Dessa maneira, os pais ficam mais tranquilos com a viagem e os jovens conseguem aproveitar ao máximo a oportunidade.

5.Intercâmbio personalizado

Escolher uma agência também possibilita a programação de uma viagem personalizada para o estudante. Ele pode escolher qual é o país de destino preferido e avaliar as escolas disponíveis na região. 

A equipe também dá apoio na escolha do melhor tipo de hospedagem para o perfil do estudante. Logo, o intercâmbio é personalizado de acordo com as preferências de cada indivíduo e as condições disponíveis para realizar a viagem. 

Kikis Delivery Service Pack GIF - Find & Share on GIPHY

Viu como fica muito mais fácil buscar o apoio de uma agência de intercâmbio? Você tem segurança para sua viagem e ainda conta com um suporte especializado no país de destino.

Que tal iniciar a programação do seu roteiro ainda hoje?Entre em contato com a nossa equipe e veja como podemos auxiliá-lo!

O Coronavírus (COVID-19) vai impactar o meu intercâmbio?

As recentes notícias sobre o Coronavírus (COVID-19) estão deixando muitas pessoas preocupadas com suas viagens. Será que a doença é motivo para desistir de um intercâmbio?

Isso vai depender muito do destino da sua viagem e da sua saúde como um todo. Segundo informações divulgadas no Estadão, há muitos motivos que fazem o coronavírus ser transmitido rapidamente: a facilidade de se adaptar a um novo hospedeiro, o tempo que sobrevive quando está exposto ao ar e a própria urbanização. 

Isso não significa que ele seja muito grave, pois apresenta um grau de letalidade de 3,4%, de acordo com a Organização Mundial da Saúde. Inclusive, esse grau é menor do que a dengue. A grande diferença está na taxa de dissipação das doenças. A seguir, explicamos mais sobre o assunto!

Impactos do Coronavírus no Brasil e no mundo

Até segunda-feira (16/03), foram registrados 152 casos de coronavírus em São Paulo e um total de 234 no país. Nos Estados Unidos, foram identificados 1.000 casos, sendo somente 201 na Califórnia.

O que os países estão fazendo? As orientações incluem: evitar lugares com aglomerações de pessoas, como shows, concertos e jogos esportivos. O Governo da Califórnia tomou a iniciativa de declarar estado de emergência para ter liberação de verbas para a área da saúde. Assim, consegue agir de forma rápida para prevenir e combater o coronavírus. 

Essas ações dos governos para agir rapidamente e evitar aglomerações de pessoas devem causar um impacto positivo no combate ao coronavírus. A China, local onde surgiu o primeiro caso, declarou que o pico de contaminação da doença já passou e estão diminuindo os casos de novos contágios. Isso só aconteceu depois que o país orientou que os moradores permanecessem em suas casas.

Como fica o intercâmbio com o coronavírus

Os Estados Unidos, país de destino de muitos intercambistas, não restringiram voos saídos do Brasil. O presidente apenas suspendeu parte dos voos da Europa, principalmente da Itália, para evitar um surto no país. Todavia, algumas empresas estão alterando os seus destinos de acordo com a demanda. A American Airlines decidiu suspender 75% dos seus voos internacionais, e isso inclui os destinados ao Brasil, uma vez que a procura por passagens deve cair. 

Vale lembrar que o coronavírus demonstrou ser mais grave em pessoas da terceira idade, em quem tem problemas no coração e outras doenças anteriores. Portanto, também não se enquadra no perfil do público que geralmente viaja para fazer intercâmbio.

Isso não significa que você deve ignorar o assunto. O ideal é manter os cuidados básicos de higiene para evitar a contaminação pelo COVID-19 e outras gripes comuns. Também é recomendável ter um estilo de vida saudável para fortalecer o sistema imunológico. 

No entanto, criar pânico em relação à doença pode criar um caos em farmácias, hospitais e na rotina das pessoas. Além do mais, se todos os países criarem medidas para conter a propagação do coronavírus poderemos ter uma diminuição dos casos, um retorno à vida normal e às viagens de intercâmbio. Por isso, o melhor é programar a sua viagem e acompanhar o cenário daqui para frente. 

Para garantir a tranquilidade de todos que já haviam marcado o seu intercâmbio ou que pretendem fechar neste mês, março de 2020, estamos disponibilizando remarcação de até 1 ano sem nenhuma taxa ou multa. Assim garantindo que quando a situação se normalizar poderá ser escolhida uma nova data para o embarque se necessário.

Em relação ao CaliBreak 2020, o intercâmbio teen está confirmado e se mantém com a mesma data! Estamos constantemente acompanhando as noticias para garantir atitudes pontuais e rápidas para os nossos passageiros.

Ressaltamos a importância da contratação de uma agência de viagem para que em momentos como esse o passageiro tenha todo o suporte e assistência necessária, minimizando o impacto da situação.  

Como convencer os pais a fazer intercâmbio? Veja 5 dicas!

Fazer intercâmbio é uma experiência incrível para um jovem e pode abrir muitas portas no mercado de trabalho no futuro. Mas, também não é uma opção barata e você vai vivenciar tudo longe de casa (e dos olhos dos pais). Aí vem aquele problema: como convencer os pais de que você tem maturidade para fazer intercâmbio?

A chantagem não é o melhor caminho. No momento da conversa é necessário mostrar os benefícios do intercâmbio para sua vida e também convencê-los de que você consegue se virar sozinho em outro país. Preparamos algumas dicas para ajudá-lo nesse processo. Ficou curioso? Então vamos lá!

1.Estude diferentes opções de intercâmbio

Faça pesquisas sobre os principais destinos que falam a língua a ser aperfeiçoada. Estude as características de cada local, moeda utilizada, valor do intercâmbio e guarde também alguns depoimentos de jovens que participaram de uma experiência como essa no país.

Essa é uma maneira de se preparar bem para conversar com os seus pais e saber na ponta da língua as diferentes opções para a sua viagem (e também aquele destino que você mais se interessou).

2.Chame-os para uma conversa

Reúna-se com os seus pais e deixe de lado todos os aparelhos e situações que podem tirar a atenção da conversa. Esse é um momento importante e você precisa estar 100% concentrado no diálogo, argumentos e perguntas que podem surgir.

Não precisa ter receio de falar sobre o assunto, pois o máximo que poderá receber é um “não” ou uma resposta como “vamos pensar”. Procure entender também a posição dos seus pais, pois nem sempre é fácil dar uma resposta na hora.

Mantenha a calma para conseguir apresentar todos os benefícios de fazer um intercâmbio. Você pode lembrá-los que hoje há poucas vagas de emprego e quem estiver mais preparado terá melhores oportunidades, e o intercâmbio é um processo importante para isso.

Se for preciso, apresente para eles alguns exemplos de vagas de emprego que pedem uma ou duas línguas estrangeiras (é possível encontrar várias no LinkedIn). Isso poderá ajudá-lo na construção das ideias.

3.Mostre que fazer um intercâmbio não é abandonar a família

Muitos pais podem se sentir inseguros com a viagem do filho para fora do país. Por isso, também é o seu papel demonstrar que eles poderão acompanhar todo o seu intercâmbio por meio do envio de fotos e conversas pelos WhatsApp. Também é importante mostrar para eles que algumas agências de intercâmbio mantêm uma equipe de suporte no país da viagem, pois isso os deixará mais tranquilos.

4.Demonstre comprometimento

Procure transmitir uma confiança para os seus pais. Para tanto, você precisa manter as boas notas no colégio e demonstrar que está se esforçando para economizar.

Lembre-se de que estudar no exterior não é barato e se você ajudar em casa isso poderá contar pontos para fazer o intercâmbio. Se achar que eles podem gostar, procure um trabalho em meio período para ganhar um dinheiro extra e ajudar a pagar os estudos.

Karen Gillan Thumbs Up GIF - Find & Share on GIPHY

5.Valorize a experiência de fazer intercâmbio

Estudar no exterior ainda é uma experiência para poucos e você pode chamar a atenção dos seus pais para isso. A viagem proporcionará muito aprendizado, aperfeiçoamento de uma língua estrangeira e também te deixará mais responsável.

Travel GIF by Evan Hilton - Find & Share on GIPHY

Ao valorizar essa experiência, os seus pais também se sentirão motivados a te ajudar. E claro, eles desejam o melhor para o seu futuro e farão o possível para isso. Por último, você pode lembrá-los de que os países onde são feitos intercâmbios são mais seguros do que o Brasil. 😉

E aí, está pronto para convencer os pais de que fazer intercâmbio será ótimo para o seu futuro? Se precisar de uma ajudinha extra é só conversar com a gente!

Por que fazer intercâmbio teen nas férias? Conheça 5 motivos!

O seu filho sonha em ter mais independência e ainda poder viajar com os amigos? O intercâmbio teen proporciona uma experiência única aos jovens, com responsabilidade, muito aprendizado e acompanhamento contínuo de uma equipe profissional.

Essa é a oportunidade de você dar mais liberdade para o seu filho, oportunizar o crescimento pessoal sem perder o controle da situação. Tem dúvidas de como isso é possível? A seguir, apresentamos 5 razões para investir em um intercâmbio teen!

1. Oportunidade de “morar sozinho”

Qual é o jovem que nunca sonhou em ter alguns dias longe dos pais para fazer tudo que deseja? O intercâmbio proporciona essa sensação aos estudantes, pois eles ficam hospedados em uma casa especial com vários adolescentes da mesma faixa etária.

Casa da Cali em San Diego

Eles têm a sensação de liberdade porque não ficam com os pais por perto, todavia, existe uma equipe profissional por trás para fazer o acompanhamento da rotina. Os pais, inclusive, recebem diversas fotos dos filhos nas mais variadas atividades. Logo, você consegue ficar tranquilo durante o intercâmbio, pois sabe que há uma equipe especializada para dar suporte ao jovem sempre que precisar.

2. Desenvolvimento emocional

Durante a viagem o jovem vai se deparar com dúvidas, emoções à flor da pele e com as consequências de suas decisões. Logo, o intercâmbio teen favorece o desenvolvimento pessoal do adolescente, que terá que tomar algumas decisões por conta própria, ajudar a organizar o espaço onde mora e seguir as regras sociais.

3. Valorização do currículo

Ter uma experiência no exterior valoriza muito o currículo. Muitos profissionais de Recursos Humanos entendem que a vivência em outro país amadurece o estudante e faz com que ele aceite mais facilmente novos desafios.

Valorize o currículo estudando no exterior

A mudança de rotina tira a pessoa da zona de conforto, exige que ela seja mais flexível e também melhora as suas habilidades de comunicação. E essas são características apreciadas pelo mercado de trabalho.

4. Aperfeiçoamento de outro idioma

Viajar para outro país exige um esforço a mais para o indivíduo se comunicar com os moradores do local. Logo, até aqueles que são tímidos na hora de falar inglês na sala de aula precisam praticar o idioma. Afinal, ele será utilizado em todas as atividades do dia a dia.

Aperfeiçoe o inglês através de um intercâmbio

Sendo assim, o intercâmbio funciona como um “empurrão a mais” para aprimorar o idioma estrangeiro e praticá-lo a qualquer momento do dia.

5. Diversão no intercâmbio teen

Uma viagem com jovens não poderia ser direcionada apenas para estudos, certo? Afinal, os adolescentes querem se divertir durante as férias.

Aliando estuda e diversão

Por isso, o programa também integra passeios em pontos turísticos da cidade e atividades de entretenimento. Quem viaja para a Califórnia, por exemplo, consegue visitar o primeiro parque construído por Walt Disney. Incrível, não é mesmo?

Logo, participar de um intercâmbio teen é uma experiência inesquecível para os jovens, repleta de aprendizado e aventuras. Com certeza o adolescente volta da viagem com muitas histórias para compartilhar.

Quer saber mais sobre essa modalidade? Veja como foi o último roteiro do CaliBreak e inspire-se na experiência de outros adolescentes. Seu filho vai amar ter uma oportunidade como essa!

Tudo que você precisa saber sobre High School

O High School é uma modalidade de intercâmbio que dá ao jovem a oportunidade de estudar em outro país por um período de seis meses a um ano. A ideia é cursar um ano equivalente ao realizado no Brasil no Ensino Médio, com a vantagem de aperfeiçoar outro idioma, conhecer uma cultura diferente e melhorar o currículo.

Diante do custo para manter um estudante no ensino privado no país, muitos pais já optam por oferecer o High School aos seus filhos. Quer saber se essa é uma opção adequada para a sua família? Explicamos tudo sobre o assunto a seguir!

Como funciona o High School?

Há opções de estudo em diferentes países, como Canadá, Estados Unidos, Nova Zelândia, Austrália, África do Sul e algumas regiões da Europa. Portanto, antes de iniciar o processo do intercâmbio é indicado pesquisar sobre as localidades e escolher, junto com o filho, o destino ideal.

Antes de liberar o jovem para estudar em outro país os pais se preocupam com diferentes fatores como: controle dos horários de estudo, acompanhamento do aprendizado, local de moradia e adaptação. Por isso, explicamos a seguir como funciona a hospedagem e o monitoramento dos jovens:

Moradia

A vantagem do High School é justamente a oportunidade de o adolescente “aprender a se virar” um pouco mais por conta própria. Ele é acolhido por uma família local como se fosse um filho e consegue participar de todo o seu cotidiano. Assim, acompanha os costumes, hábitos alimentares e ainda aprende a seguir os padrões daquela residência.

Outra opção é a moradia nas “Boarding Schools”, ou seja, escolas particulares que funcionam em regime de internato. Nelas, o estudante fica hospedado dentro do campus ou próximo à escola com direito à pensão completa. Os monitores da escola são responsáveis por monitorar os alunos e ajudá-los quando surge alguma dificuldade.

Logo, essas duas modalidades de hospedagem proporcionam muito aprendizado ao jovem, que precisa se adaptar a um novo contexto de vida.

Duração

O intercâmbio de High School pode durar de um a dois semestres letivos, lembrando que em muitos países as atividades escolares iniciam entre os meses de julho e setembro.

Visto

O visto de estudos em outro país costuma passar por um processo diferenciado e, por isso, exige muitas documentações e pode levar mais tempo para ficar pronto. Sendo assim, é indicado avaliar essa oportunidade de intercâmbio com antecedência e procurar uma agência especializada para orientá-lo.

Quais são as principais vantagens de fazer o High School?

Não há dúvidas de que um intercâmbio abre muitas portas para o jovem quando ele decide entrar no mercado de trabalho. Afinal, ele consegue aperfeiçoar a pronúncia e escrita em um idioma estrangeiro, o que é muito valorizado pelas maiores companhias ao redor do mundo. Além disso, o High School favorece o desenvolvimento do adolescente em diferentes áreas:

Crescimento Pessoal

O jovem sai de sua zona de conforto e precisa se adaptar a um novo contexto. Isso favorece o crescimento pessoal, permitindo que o adolescente tenha mais confiança para encarar os desafios de sua rotina.

Imersão em outra cultura

É incrível poder viajar, saborear diferentes pratos e ainda aprender! Já imaginou todas as experiências que serão vivenciadas por um jovem que permanece por alguns meses em outro país? Com certeza essa é a melhor oportunidade que os pais podem oferecer aos seus filhos.

Eles voltarão para casa motivados, cheios de expectativas sobre o futuro e vontade de fazer coisas diferentes. Afinal, puderam aprender sobre outra cultura e agora conseguem incorporar muitas situações no dia a dia.

E aí, o que achou dessa ideia de incentivar o seu filho a fazer um High School? Deixe o seu comentário ou dúvida abaixo, assim podemos ajudá-lo com mais informações.

7 Fatos sobre San Diego que você precisa saber

San Diego, na Califórnia, é o lugar ideal para quem deseja curtir belas praias, visitar restaurantes, aproveitar pubs e baladas. Há diferentes atrações turísticas para todos os gostos e o melhor de tudo é que o clima é agradável durante o ano inteiro.

Ficou curioso para saber mais sobre a cidade? Então, fique ligado neste post!

1. Clima de San Diego

A cidade tem um clima ótimo para quem aprecia o sol e as altas temperaturas. O local costuma registrar uma temperatura mínima de 13,3ºC no inverno e 20,6ºC no verão. Ou seja, o clima é muito mais tranquilo do que no Sul do Brasil, que apresenta variações extremas nas temperaturas.

San Diego, Califórnia

2. Culinária

A cidade não tem apenas burguer e batata-frita. Devido à sua localização próxima ao México, San Diego tem forte influência dessa cultura. O restaurante La Puerta, por exemplo, é um dos mais requisitados pelos turistas e serve comida típica mexicana. Outro espaço famoso dessa culinária é o Fred’s Mexican Cafe.

Restaurante La Puerta

3. Gaslamp Quarter

Esse é um bairro histórico e charmoso em San Diego. Ele tem uma vida cultural rica, pois é repleto de bares, restaurantes, salas comerciais e eventos durante o ano inteiro. A maior curiosidade do Gaslamp Quarter é que ele começou a se desenvolver no século XIX e hoje é um dos mais famosos pontos turísticos da cidade.

Gaslamp Quarter, San Diego

4. Aerospace Museum

O museu retrata a história da aviação americana, com cerca de 60 modelos de aeronaves em exposição. A cidade foi pioneira nessa experiência, quando o piloto Charles Lindbergh fez o primeiro voo transatlântico sem escalas no ano de 1972.

Aerospace Museum

5. Parques Naturais

Quem ama ver paisagem vai se encantar ao visitar San Diego. O local reúne diferentes parques e reservas naturais. Entre os principais estão:

  • Parque Balboa, com jardins e museus;
  • Reserva Estadual de Torrey Pines, áreas com trilhas e vida silvestre;
  • Parque Natural Sunset Cliffs – com penhascos que se formaram de frente para o mar e garantem uma visão incrível do pôr do sol.

    Parque Balboa

6. Praias

A cidade tem praias de tirar o fôlego dos turistas e intercambistas. A mais famosa delas é a Huntington Beach, espaço que recebe o principal evento de surf dos Estados Unidos. Então, se você adora “pegar uma onda” pode aproveitar para surfar e apreciar a bela paisagem do local.

La Jolla Beach, San Diego

7. Bares na praia

San Diego também tem inúmeras atrações para você curtir com os amigos. O Wave House fica à beira da Mission Beach e combina música, churrasco, pôr do sol e ondas artificiais. 

South Beach

O South Beach é outra excelente opção para quem deseja combinar excelente gastronomia e praia. Ele está situado a poucos quilômetros do centro da cidade, em Ocean Beach, e oferece promoções especiais de acordo com o dia da semana. Aproveite para se divertir nesses locais e tirar fotos incríveis da sua viagem!

E aí, gostou dessas 8 curiosidades sobre San Diego e ficou animado para preparar a sua mala e embarcar na próxima aventura? Então, conheça como funciona o nosso programa CaliBreak!

Por que fazer intercâmbio no Canadá? Conheça 6 motivos!

Você está planejando uma viagem de estudo para aperfeiçoar o inglês e ainda tem dúvidas sobre qual é o melhor destino? Muitos jovens optam por fazer um intercâmbio no Canadá pelas vantagens de estudar no país: segurança, belas paisagens e qualidade na educação.

Quer conhecer os principais motivos para programar o seu intercâmbio para este país incrível? Vamos lá!

1. Qualidade de vida

Muitos brasileiros optam por fazer intercâmbio no Canadá pela excelente qualidade de vida que o país oferece. Vancouver, por exemplo, já foi eleita a terceira melhor cidade do mundo para se viver. Isso porque ela tem muitos recursos para o oferecer aos cidadãos como infraestrutura, áreas de lazer e estabilidade econômica.

2. Educação

O país também investe muito na qualidade da educação, o que o torna uma excelente opção para intercâmbio. Na última pesquisa realizada pelo Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa), da OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), o Canadá foi listado entre os 10 melhores níveis educacionais nas áreas de Matemática, Ciências e Interpretação de Texto.

O resultado é surpreendente visto que o país tem alto número de imigrantes. Isso só indica que esses novos alunos conseguem se adaptar rapidamente à cultura e ao ensino canadense.

3.Possibilidade de aprender dois idiomas

Fazer um intercâmbio no Canadá também é uma oportunidade única para aprender dois idiomas ao mesmo tempo. O país tem como línguas oficiais o Inglês e o Francês, logo, você pode se programar para estudar as duas.

4. Belas paisagens

O país tem uma paisagem incrível que encanta muitos brasileiros que viajam para lá. Uma opção é a Cordilheira Rocky Mountains, que tem opções para quem deseja esquiar, fazer escaladas ou apenas curtir bons momentos ao ar livre.

Cordilheira Rocky Mountains, Canadá

Há ainda as Cataratas do Niágara, que são formadas por três grupos de quedas d’água: as Canadenses, as Americanas e a Véu de Noiva. O Nahanni National Park é outro grande atrativo para turistas. Ele foi tombado como patrimônio histórico da Unesco e tem 30 mil quilômetros quadrados de área preservada.

5.Opções de trabalho

Dependendo do período que o aluno permanece no país, ele tem a oportunidade de intercalar o estudo com o trabalho. Essa opção está disponível para quem realiza um curso de Business de 6 meses com mais 6 meses de estágio remunerado.

6.Segurança

O Canadá tem um dos menores índices de violência do mundo, por isso, é considerado um local seguro para estudar e morar. A cidade de Regina, por exemplo, é considerada violenta pelos canadenses e registra uma taxa de homicídio de apenas 3,58 para cada 100 mil habitantes.

Esse índice é semelhante à da cidade de Indaiatuba, em São Paulo, considerada a segunda menos violenta do Brasil por registrar 3,5 casos para cada 100 mil habitantes.

Enfim, esses são os principais motivos que muitas pessoas decidem fazer intercâmbio no Canadá. Ficou interessado em conhecer mais sobre o país e as opções de viagem? Confira os pacotes especiais da Cali

Conheça o CaliBreak, um programa especial de intercâmbio teen!

O CaliBreak é um programa de intercâmbio da Calicultural direcionado para jovens com até 20 anos de idade. A viagem é realizada anualmente nas férias de julho, momento em que os adolescentes têm a oportunidade de aperfeiçoar o inglês e visitar muitos lugares incríveis.

foto dos intercâmbistas em frente ao letreiro de hollywood

Galera do CaliBreak em Los Angeles, Califórnia

Está pensando em proporcionar um intercâmbio para o seu filho? Então, você não pode deixar de conhecer como funciona o programa!

Experiência CaliBreak

O programa de intercâmbio da Cali é muito mais do que uma viagem de estudos, é uma experiência para a vida dos participantes. Os adolescentes permanecem 21 dias nas casas da Cali, em San Diego, e fazem um extenso roteiro de visitas a pontos turísticos e culturais.

garota andando de bicicleta em San Diego

Lazer aliado aos estudos Califórnia

Em 2019, a viagem contou com a participação de 12 adolescentes das regiões de São Paulo, Santos e Porto Alegre. Eles eram acompanhados por (03 guias) profissionais da Cali 24 horas por dia, inclusive durante as aulas de inglês. Tudo para que a viagem fosse segura para os pais e os jovens, proporcionando a melhor experiência possível.

Programação diferenciada

Os profissionais da Cali estabelecem um roteiro de atividades para todos os dias da viagem. Quando chegam a San Diego, os jovens fazem uma prova de nivelamento para identificar qual é a turma mais adequada para potencializar o aprendizado.

A rotina deles é intensa e repleta de atividades. No período da manhã, os jovens vão para as aulas de inglês com professores nativos. À tarde e à noite eles realizam os passeios turísticos e visitas a locais que retratam a cultura local. Conheça alguns pontos visitados pelos alunos:

Sea World

Ele é o parque mais famoso do mundo relacionado à vida marinha, que oferece muitas atrações para os visitantes e apresenta animais de todos os tipos. Inclusive, é o lugar ideal para quem deseja nadar com um golfinho. Incrível, não é mesmo?

Galera do CaliBreak durante o passeio no Sea World

Passeio no Sea World

Balboa Park

O parque existe desde 1868 e até hoje é considerado um dos símbolos da cidade. O espaço tem mais de 15 museus, teatros e belos jardins para os visitantes apreciarem. Entre as principais atrações estão o Science Center, o Automotive Museum e o San Diego Air & Space Museum.

Visita ao Balboa Park

Disneyland e Disney California Adventure

O parque Disneyland foi o primeiro construído por Walt Disney. O espaço relembra as histórias das princesas, tem uma atração do Indiana Jones Adventure e uma área específica do Mickey’s Toontown. Este ano inaugurou no local com exclusividade a primeira land do Star Wars com uma área de 56.000 metros quadrados.

Disney California Adventure

O Disney California Adventure é um parque mais novo e tem atrações diferenciadas, como Guardians of the Galaxy – Mission: BREAKOUT!, Toy Story, musical do Alladin e montanha-russa California Screamin. É diversão na certa! 

 

Universal Studio Hollywood

Seria impossível fazer um intercâmbio na Califórnia e não visitar a Universal Studio. O parque é uma das atrações preferidas dos jovens que participam do CaliBreak e, por isso, sempre entra no roteiro de viagem. 

CaliBreak no Universal Studios Hollywood

O espaço apresenta os filmes e séries produzidos pelo estúdio, atrações radicais e alguns simuladores, o que transforma o ambiente em uma mistura de parque temático e estúdio de cinema. É mágico, só quem visita o local consegue compreender isso.

 

Huntington Beach

É claro que não poderia faltar uma visita à capital do surf nos Estados Unidos! A Huntington Beach é o local onde todos os anos é realizado o evento Vans USA Open of Surfing, que reúne participantes do mundo inteiro. Ela foi considerada a melhor praia dos Estados Unidos em 2018, pois tem uma bela paisagem e inúmeras atrações disponíveis.

Pôr do sol em Huntington Beach

Intercâmbio com satisfação garantida

Com tantas opções de passeios durante a viagem, não faltaram elogios para o programa. Confira o que os adolescentes comentaram:

“Cada manhã era uma nova surpresa, mesmo que eu já tivesse decorado todo o roteiro antes mesmo de partirmos. Um lugar mais lindo que o outro, cobrindo tudo o que os filmes “hollywoodianos” mostram, os pontos turísticos, mas também algo totalmente “out of the beaten track”, porque podíamos contar com os melhores guias locais!”, comentou Mirella Jabbour

A experiência também foi única para Pedro Lucato. “Os dias que eu passei na califórnia com a Cali foram os melhores da minha vida! Conheci gente nova, aprendi muita coisa e conheci lugares incríveis, foi uma experiência completa e inesquecível”.

Os jovens não foram os únicos que apreciaram o programa CaliBreak. Os pais ficaram encantados com o acompanhamento dos nossos profissionais e a alegria dos filhos com a participação no intercâmbio. Veja alguns exemplos:

Depoimentos pais CaliBreak 2019

Ficou interessado em saber mais informações sobre o intercâmbio Cali Break? Acesse o nosso perfil do Instagram e confira as fotos dos participantes. Você vai adorar!

Aproveite também para se inscrever na edição do próximo ano. Ela será ainda mais especial porque iremos comemorar os 10 anos da Cali Cultural. Ah, é bom se antecipar, pois 70% das vagas já foram preenchidas. Quer saber mais sobre o programa? Entre em contato e converse com a nossa equipe!

Como tirar boas fotos durante a viagem? Confira 4 técnicas!

A mala está pronta e você já está esperando o avião para embarcar na viagem dos sonhos. Foram meses de espera, ansiedade e agora chegou o momento de curtir o passeio e fazer registros para guardar de lembrança. E aí, como tirar boas fotos para publicar nas redes sociais, mostrar aos amigos ou simplesmente recordar depois?

menina tirando foto com monumento

Como fazer registros das suas viagens

Não é preciso ser um fotógrafo profissional para fazer imagens que vão demonstrar sua alegria e entusiasmo durante o passeio. Com o uso de algumas técnicas, é possível aproveitar a câmera do seu smartphone ou tablet  para registrar momentos incríveis. Vamos lá?

 

1. Atenção ao “timing”

Algumas situações são únicas e dar atenção ao “timing” é primordial para não perder o registro. Esse pode ser o grande desafio da sua viagem, pois haverá muita novidade ao seu redor.

Tela de um celular tirando foto do nascer do sol

Tirando foto do nascer do sol

Se você acordou cedo e está diante de um lindo nascer do sol, por exemplo, só conseguirá fazer a foto se estiver com o celular na mão (e com bateria, claro!). Por isso dizemos que o timing é importante: é necessário identificar a imagem que se deseja registrar e agir rápido, pois não é possível “recriar” determinados cenários ou situações.

 

2. Enquadramento adequado para tirar boas fotos

Uma imagem bonita depende muito do enquadramento utilizado. A principal técnica usada pelos fotógrafos é a regra dos dois terços, pois acredita-se que o cérebro humano dá mais atenção para os objetos que aparecem no terço vertical ou horizontal.

menina sendo fotografada enquanto tira outra foto

Regra dos dois terços

Por exemplo: em vez de tentar enquadrar uma pessoa bem no meio do ambiente, procure deixá-la um pouco mais à esquerda ou direita. Isso dá mais espaço para você mostrar a paisagem e ainda concentra a atenção nos “dois terços” da foto.

 

3. Iluminação e criatividade

Ainda está se perguntando como tirar boas fotos durante a viagem? Aqui vai mais uma dica: aproveite a iluminação disponível. Muitas vezes é possível criar uma imagem diferente quando o sol baixa e faz sombra em determinado objeto. Essa é uma oportunidade de brincar com a câmera e usar a criatividade para ter fotos incríveis!

Casa do hobbit

Condado dos Hobbits na Nova Zelândia

A iluminação em excesso, por sua vez, pode causar um inconveniente. Se você fizer a foto contra o sol, por exemplo, a imagem ficará branca e provavelmente não haverá muito para ser aproveitado.

4. Diversidade de ângulos

É muito interessante variar os ângulos das pessoas e objetos nas fotos  para ter boas memórias da viagem. Procure trocar o lado utilizado para registrar os pontos turísticos, faça ângulos de baixo para cima e vice-versa e troque o lado em que a pessoa aparece.

menina tirando foto de cima para baixo

Foto de outros ângulos.

Também é interessante testar recursos da câmera para focar ou desfocar objetos. Você pode colocar flores na frente desfocadas e deixar a atração principal mais para trás, por exemplo.

Outra ideia é utilizar o próprio ambiente para criar “molduras” fictícias para deixar suas fotos mais atrativas. Para isso, pode-se utilizar a parede de um lugar, estátuas, pedras, entre outras opções.

 

Agora você já sabe como tirar boas fotos durante a viagem! Basta ter um pouco de paciência, observar o ambiente ao redor para aproveitar o timing certo, caprichar na iluminação e enquadramento.

 

E aí, pronto para testar essas dicas? Depois, aproveite para compartilhar as suas fotos da viagem nos comentários abaixo.