Comer e Beber na Cidade do Cabo

O que fazer em Cape Town

Mas para quem busca aventuras em um ambiente urbano, Cape Town é perfeita, com infinitas opções de atividades ao ar livre para os amantes da natureza e de esportes radicais; para os apreciadores de um bom vinho e para aqueles que curtem uma boa noitada. Por isso, aconselho que você planeje sua viagem dedicando pelo menos uma semana para aproveitar o suficiente. E que tente visitar o máximo possível de lugares, porque todos valem muito a pena, como, por exemplo, a Table Mountain, cartão postal da cidade; as praias de Camps Bay, Clifton e Boulders, que, aliás, é o lar de centenas de pinguins, um espetáculo à parte; o Parlamento e os museus em Gardens; o Waterfront, o Cape Point/Cabo da Boa Esperança e Robben Island, onde Nelson Mandela ficou preso por 18 anos.

Agora, se você tiver tempo e quiser fugir do óbvio, aqui vão as minhas dicas de moradora para aproveitar Cape Town como um sul-africano:

Onde comer em Cape Town

Antes de mais nada, sempre pergunte se o restaurante tem algum “special menu”.  Geralmente eles oferecem pratos com desconto no horário de almoço ou de 3ª à 5ª e domingos. Principalmente na baixa temporada, os restaurantes da orla de Camps Bay e da maioria dos pontos turísticos oferecem muitos specials – mas os garçons não vão te oferecer os cardápios com desconto, por isso, peça.

Eastern Food Bazaar

(http://www.easternfoodbazaar.co.za)

Fica no centro de Cape Town e oferece a clássica comida boa, barata e sem frescura. Fica absurdamente lotado em horário de almoço e jantar, mas quem está viajando pode se dar ao luxo de conseguir uma mesa às três da tarde, depois de um passeio na Table Mountain.  A culinária é diversificada (comida indiana, chinesa e rola até uma pizza).

Viajadora: Eastern Food Bazaar (Cape Town)

Activesushi

(http://www.activesushi.com)

Também no centro da cidade, é onde os universitários se encontram no final do dia para se empanturrar no rodízio de sushi por R119 (pouco menos de 30 reais, em março de 2014). Também oferece cardápio à la carte.

Viajadora: Activesushi Comida japonesa (Cape Town)

Bay Harbour Market

(http://www.bayharbour.co.za)

Se você, assim como eu, adora feirinhas de artesanato, com bandas locais se apresentando e vários quiosques com comidas de todos os lugares para beliscar, esse é o lugar. A maioria dos livros e sites de turismo vai sugerir que você visite o The Old Biscuit Mill para esse tipo de programa, mas o Bay Harbour Market é mais conhecido pelos locais. Os preços são praticamente os mesmos, a diferença é q esse não é tão divulgado para os turistas e é tão legal quanto o outro.

Mariner’s Wharf 

(http://www.marinerswharf.com)

Na região de Hout Bay, esse ponto turístico oferece lojas, restaurantes e uma vista incrível. Você não pode visitar Cape Town sem provar o prato mais amado da culinária local e espelho da herança inglesa: fish & chips. Nada de subir para o restaurante metido à besta no 2º piso, a dica é pegar a fila quilométrica na área de take aways, no térreo, garantir sua porção de fish & chips e se sentar em um dos vários banquinhos de madeira para apreciar a vista e a bagunça das gaivotas.Viajadora: Mariners Wharf (Cape Town)

Groot Constantia

(http://www.grootconstantia.co.za)

Essa foi a 1ª vinícola da África do Sul, fundada em 1685. É um dos meus lugares preferidos e, por sorte, muito perto de casa. Vale a pena visitar para conhecer um pouco da história de Cape Town e ver as construções no estilo arquitetônico Cape Dutch. Lá há dois restaurantes, museus e possibilidade de degustação de vinhos.

Viajadora: Groot Constantia (Cape Town)

Caindo na night

Boate 31

(http://www.thirtyone.co.za)

A boate 31 fica no 31º andar de um dos mais altos edifícios do centro da cidade. A vista 360º, os dj’s variados e os frequentadores já são motivos suficientes para que você dê um pulo lá.

Viajadora: Boate 31 Cape Town

A vista da boate, do alto da cidade

Shimmy Beach Club

(http://www.shimmybeachclub.com)

Esse é atualmente o lugar mais badalado da cidade, na região do Waterfront.  A partir de meio-dia, você pode participar das beach parties e conhecer toda a elite poser de Cape Town, se essa for a sua praia.

Viajadora: Shimmy Beach Club (Cape Town)

Mas, se você curte mais uma boa cerveja e barzinho com os locais, vá para a…

Long Street (Centro da Cidade)

Essa é a rua da boemia. Não chega a ser uma Lapa, mas tem opções para todos os gostos, com pubs, botecos e até restaurantes charmosos. É lá também que fica a maioria dos hostels, que também têm festas divertidas. Simplesmente passeie de bar em bar para aproveitar ao máximo, mas lembre-se de ficar de olho na bolsa e objetos pessoais, afinal, centro da cidade é centro da cidade!

Viajadora: Long Street Centro de Cape Town
Fonte: http://www.viajadora.com/dicas-de-moradora-10-programas-imperdiveis-em-cape-town/
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *